CONFIRA 4 FILMES QUE TODO DONO DE RESTAURANTE DEVERIA ASSISTIR!

Dentro do universo cinematográfico, é possível vivenciar diversas histórias, algumas delas inclusive baseadas em fatos reais. Um filme é uma excelente forma de comunicação e de entretenimento, capaz de influenciar os espectadores, gerando ideias e aprendizados por meio dessas produções. Pensando nisso, separamos uma lista de filmes seletos de gastronomia que todo dono de restaurante deveria assistir para se inspirar e melhorar seus negócios!

1. Como um Chef

Se você é do tipo de espectador que aprecia uma boa comédia, então você precisa assistir a essa produção cinematográfica.

O filme conta a história de Jacky Bonnot (Michaël Youn), um talentoso chef de cozinha amador de 32 anos, que sonha em ser reconhecido pelo seu trabalho e ser dono de um excelente restaurante, porém, devido sua situação financeira, se ver obrigado a aceitar pequenos trabalhos temporários para se manter.

O sonho se mostra cada vez mais distante, até que a sorte do cozinheiro muda e ele conhece o renomado chef gastronômico Alexandre Lagarde (Jean Reno), dono de uma rede de restaurantes, cuja estabilidade está ameaçada pelo grupo financeiro que gerencia seus negócios.

O filme retrata de forma cômica as dificuldades do relacionamento do grande chef renomado com seu mais novo aprendiz, além dos problemas na conciliação da profissão com âmbito familiar.

Trazendo para o contexto real, podemos tirar como lição a importância do relacionamento com a equipe de trabalho e de conhecer as necessidades demandadas pelo mercado. Na trama, é exposto que o grande chef estava se tornando “obsoleto” devido aos modelos tradicionais e preparo de suas receitas, mas com seu ajudante talentoso, consegue reinventar seu estilo de culinária surpreendendo a todos os críticos, aumentando suas oportunidades de vendas.

Além disso, podemos observar a importância do apoio familiar para o sucesso dos negócios, não sendo uma regra, mas contando como um grande suporte.

2. Chef

O filme conta a história de Carl Casper (Jon Favreau), um chefe executivo de um famoso restaurante, que depois de perder o emprego por problemas na gerência, decide seguir por um novo caminho: abrir um food truck, para recuperar seu instinto criativo e ao mesmo tempo se aproximar da sua família.

O filme retrata as dificuldades enfrentadas pelo chef de cozinha no trabalho, que após ser demitido procura dar a volta por cima empreendendo em um food truck, numa aventura com sua família, trabalhando com o que mais gosta e com as pessoas que ama.

Trazendo para o contexto do mercado de food services, especialistas afirmam que o modelo de negócio sobre rodas já não é mais uma novidade, pois as pessoas já conhecem a proposta de negócio. No entanto, esse mercado apresenta diversas possibilidades de crescimento e de reinvenção, o que garante a sua permanência.

Se você pensa em empreender no segmento de food services, então esse filme é ideal para você.

3. Julie & Julia

O filme, baseado na história de vida real de Julie Powel e Julia Child, conta sobre o drama vivenciado por Julie, uma publicitária, que por estar entediada de sua vida, resolveu fazer em 365 dias, todas as 524 receitas do famoso livro: “Mastering the Art of French Cooking”, escrito por Julia Child. Julie, ainda cria um blog, onde conversa com seus leitores sobre os sucessos e fracassos ao longo das tentativas.

O filme ainda traz a história de vida de Julia Child, que desafiando o mercado machista da época, foi estudar na França, na famosa escola Le Cordon Bleu, e conseguiu traduzir e desmistificar todas as receitas tradicionais, e posteriormente disseminar a culinária francesa pelos EUA.

Se você é apaixonado pela gastronomia e tem interesse em saber mais sobre a culinária francesa, então assista a este filme e aproveite o misto de comédia e drama, que certamente irá lhe trazer novas inspirações.

4. Pegando Fogo 

O filme conta a história do famoso chef Adam (Bradley Cooper), que era um dos mais respeitados de Paris, até seu problema com álcool e drogas destruir sua carreira.

A paixão pela culinária fala mais forte do que todos os problemas, e Adam resolve mudar de vida, conseguir seus clientes e boa fama de volta. O filme é cheio de paixão e devoção, mostrando que para quem ama a cozinha e a culinária, toda dor e sofrimento vale a pena.

Este filme retrata a história de superação de um egocêntrico chef de cozinha que preza acima de tudo pela qualidade nos preparos de suas receitas, e tem a carreira de sucesso arruinada por problemas com vícios.

Trazendo para o contexto real, podemos tirar de aprendizado o valor da autoconfiança na gestão dos negócios. Toma decisões em uma empresa pode definir o sucesso ou o fracasso, sendo uma tarefa extremamente complexa, principalmente diante do mercado competitivo de food services, e por isso, ter conhecimento de mercado, aliado às competências para controlar a empresa é fundamental para o alcance dos objetivos.

PROGRAMAÇÃO DE ATENDIMENTO DO SUPORTE NESTE FERIADO!

Nesta sexta-feira dia 30/03 é considerado feriado de semana santa, e por este motivo criamos este post para te orientar dos horários que estaremos atendendo com o nosso suporte.

Quinta-feira: Horário normal (07:30 às 20:30)

Sexta- feira: Atendimento em regime de plantão (08:00 às 13:00)

Sábado: Horário normal (08:00 às 17:00)

Domingo: Atendimento em regime de plantão (08:00 às 12:00)

Lembrando que os atendimentos em regime de plantão serão realizados vai tef: 9 9667-5757 , este numero também é whatsapp.!

Desejamos a todos um ótimo fim de semana e boas vendas!

 

REDES SOCIAIS PARA SUPERMERCADOS: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

Você quer atrair mais clientes para o seu estabelecimento e deseja vender mais. Essa não é uma tarefa fácil, mas esse objetivo pode ser conquistado com as redes sociais para supermercados.

Investir no marketing digital é uma boa estratégia, independentemente do tamanho ou do porte do seu negócio. Ao atuar especificamente nas redes sociais, você consegue atrair a nova geração de clientes e se destacar da concorrência.

No post de hoje, vamos mostrar por que e como você deve apostar nas mídias sociais, de que forma escolher a mais adequada para a sua empresa, quais são as redes mais acessadas no Brasil e de que maneira você pode se relacionar com o seu público-alvo.

Quer entender sobre esse assunto? Leia tudo o que você precisa saber e aproveite as dicas!

Qual é a importância da presença digital?

A comercialização de alimentos é um bom negócio porque todas as pessoas precisam se sustentar, mesmo em épocas de crise. Mas a concorrência cada vez mais acirrada nesse segmento exige que os empreendedores tomem decisões a fim de se destacarem. Uma opção é a aposta na presença digital.

Estar presente no mundo digital não significa necessariamente abrir um e-commerce. É ter um site, um blog, perfis nas redes sociais etc. Nosso foco neste post são as fanpages e perfis nas mídias sociais.

De acordo com a pesquisa Social Media Trends 2017, 92,1% das empresas já adotam as mídias sociais como parte de sua estratégia. O maior motivo que justifica a utilização desse canal é a visibilidade online (83,2%) e a interação com o público (63,2%).

Os principais benefícios apontados pelos empreendedores pesquisados foram:

  • Divulgação da marca: 77,4%;

  • Engajamento com a audiência: 63,2%;

  • Aumento de tráfego no blog/site: 50,3%;

  • Elevação das vendas e do número de clientes: 48,5%.

Mesmo assim, existe uma boa parte das organizações que ainda não atua nas redes sociais. Muitas vezes, o que acontece é que o supermercado tem um site ou página em alguma mídia social que é iniciado, mas não continuado. Por que isso acontece?

Segundo a Social Media Trends 2017, as razões são:

  • O empreendedor não tem equipe suficiente para gerenciar as mídias sociais: 27,2%;

  • O empresário não possui tempo para gerenciar: 23,5%;

  • O responsável não possui conhecimento suficiente para gerir esses canais: 11,1%;

  • O empreendedor não enxerga os resultados: 3,7%;

  • Outros motivos: 34,6%.

Como você pôde perceber, a principal justificativa para não usar as redes sociais é “outros motivos”. Essa posição deve ser revista juntamente com as outras justificativas. Sabe por quê?

A resposta é simples: estar presente no mundo digital aumenta a atração e a fidelização de clientes, principalmente se você contar com uma estratégia de social media bem executada e elaborada.

Você pode confirmar essa afirmação pelos seus próprios hábitos. Quando está pensando em comprar algo, geralmente busca na internet para verificar as opções existentes, encontrar o melhor preço e identificar as empresas mais confiáveis, certo? Se você faz isso, por que seu cliente não faria?

É por isso que as redes sociais são consideradas muito importantes por 60,6% dos empreendedores ouvidos pela Social Media Trends 2017. Por meio delas, é possível estabelecer uma relação de parceria e lealdade com os consumidores, na qual o engajamento é imperativo.

Talvez você não saiba, mas clientes engajados compram mais. Estudos do Google e da Advertising Age, divulgados pelo site Big Data Business, especificam que 9,8% dos consumidores engajados e 40,2% dos hiperengajados adquirem um produto online várias vezes por semana.

Mesmo que o seu supermercado não ofereça a possibilidade de comprar pela internet, acredite: você poderá vender mais com as redes sociais. Afinal de contas, esse mesmo levantamento do Google e da Advertising Age mostra que 29,5% dos consumidores ficam engajados e interagem mais com a marca devido à atuação nas mídias sociais.

A partir disso, você consegue mostrar para o seu público-alvo que está disponível para sanar suas dúvidas, resolver problemas e trazer informações, o que aumenta a confiabilidade do seu negócio.

Como atrair e fidelizar clientes com uma estratégia de social media?

Entender que é importante atuar nas redes sociais não é suficiente. Você também deve saber como atrair e fidelizar os consumidores por meio dessa estratégia. Existem algumas dicas bastante práticas que vão fazer a diferença no dia a dia.

Veja a seguir o que você pode fazer!

Divulgue suas ofertas diárias

Ter ofertas diárias é fundamental para qualquer supermercado. Essa é uma das maneiras mais eficazes de se diferenciar da concorrência e atrair clientes. A divulgação dos preços baixos pode ser feita pelas redes sociais, que possuem a possibilidade de alcançar um público mais amplo.

Todos os dias você pode apresentar na sua fanpage quais são as principais ofertas do seu estabelecimento. Ainda existem grupos especializados na divulgação de preços atrativos para os consumidores. Você pode aproveitá-los para atrair mais clientes para o seu supermercado.

Delimite objetivos

Fidelizar clientes antigos e conquistar novos consumidores são ações que passam pela definição de objetivos. Sem saber aonde se quer chegar, é quase impossível atingir alguma meta.

Para isso, você deve conhecer o seu público-alvo. O recomendado é fazer uma análise de público por meio de uma pesquisa de mercado. Esse levantamento pode ser divulgado na própria rede social, mas você também pode disponibilizar formulários no supermercado.

O objetivo é descobrir a classe social e a faixa etária dos clientes, os dias de maior movimento, o local em que os consumidores moram, quais são seus hábitos de consumo (por exemplo: quantas vezes por semana vão ao supermercado), entre outras informações que possam impactar a sua estratégia.

A partir disso, você pode criar campanhas voltadas para esses clientes. Por exemplo: se você descobrir que a maioria dos seus compradores tem entre 30 e 40 anos e classe social C, pode anunciar uma promoção de amaciantes ou outros produtos de limpeza.

Essa é uma maneira de atrair novos consumidores. Para fidelizar os antigos, você também pode oferecer vantagens extras, como descontos maiores em compras acima de determinado valor ou dias de promoções diferenciadas.

Divulgue seus diferenciais

Diferenciar-se da concorrência é uma estratégia bastante adequada para atrair novos clientes e fidelizar os antigos. Pense em tudo o que seus concorrentes fazem e analise seus diferenciais.

O seu público permite fazer compras pela internet ou por telefone? Oferece entrega gratuita? Possui uma entrega mais rápida? Todos esses itens podem fazer a diferença para o seu negócio.

Você também pode criar cupons de desconto ou cartão de fidelidade e agregar serviços, como salão de beleza, floricultura, restaurante, lanchonete etc. Divulgue todas essas ações nas redes sociais e deixe claro que o seu estabelecimento sempre busca melhorar para os consumidores.

Apresente os bastidores

Apresentar o que acontece por trás do caixa e das prateleiras é uma maneira de mostrar ao cliente que o seu supermercado foca no serviço de qualidade e no bom atendimento. Isso também ajuda a fazer o seu empreendimento ficar mais próximo do público.

Você deve mostrar o dia a dia. Não precisa criar imagens ou situações. Coisas simples, como os legumes, frutas e verduras chegando são suficientes para indicar a qualidade do serviço. Lembre-se de exibir os funcionários trabalhando felizes, ou tomando aquele café na hora do intervalo, e de apresentar os fornecedores.

O ideal é que a foto tenha boa qualidade e iluminação. O texto que acompanha a imagem pode ser curto, pois a ideia é deixar o público mais próximo da sua empresa.

Invista em anúncios patrocinados

Aplicar algum valor em anúncios patrocinados ajuda a atrair mais clientes em menos tempo. Criando esse tipo de mensagem para o seu supermercado, você pode definir para quem e em quais dias e horários ela deve aparecer.

A campanha pode, por exemplo, ter delimitado que o público-alvo são pessoas que moram na cidade X e têm entre 30 e 40 anos. Esse anúncio também pode aparecer nas segundas, quartas e sextas às 10h, 14h e 18h, conforme as promoções que você estabelecer no supermercado.

Assim, você tem uma ação mais eficiente e objetiva, que terá mais assertividade e tenderá a trazer um retorno mais positivo.

Faça publicações regulares

Ter popularidade e engajamento nos posts das redes sociais é um dos fatores principais de uma estratégia. Para conseguir isso, é necessário publicar com regularidade, chamando a atenção dos clientes e fazendo-os esperar pelo próximo post.

Você deve postar pelo menos uma vez por dia e pode fazer até três publicações na mesma data. Mais do que isso pode ser chato e ter o efeito contrário, ou seja, o consumidor pode desistir de curtir a sua página pelo excesso de posts.

Recomenda-se ainda que você explore todos os recursos possíveis, como textos, vídeos e fotos. O objetivo é atrair mais pessoas para a sua página, que podem se tornar clientes do seu supermercado. Nesse sentido, as fotos são fundamentais para os consumidores verem a sua publicação e serem atraídos por elas.

Cuidado com os erros de português e não minta sobre algum aspecto do negócio. Também não se deve falar mal da concorrência e ser grosseiro com o público, mesmo quando ele fizer alguma reclamação.

Você deve se mostrar sempre disponível e reconhecer quando algum erro foi cometido. Isso aumenta as suas chances de sucesso.

Aproveite os memes

Brincar com os consumidores na sua página é bastante interessante. Você pode aproveitar os memes do momento para criar posts atrativos e engraçados.

Por exemplo: na época do meme “logo eu”, você poderia ter criado um post como esse: “Me falou que outro supermercado tinha preços baixos…logo eu, que sou o campeão das ofertas! ”.

Esse tipo de ação ajuda a engajar os clientes e os fazem se tornar fãs da marca. Também é uma forma de divulgação e fidelização dos consumidores.

Como escolher as redes sociais para supermercados?

As ações adotadas nas redes sociais devem ser condizentes com o tipo de mídia que você está utilizando. Existem diferentes canais que podem ser utilizados. A seguir, vamos listar os principais, explicando como você pode utilizá-los.

Facebook

É a rede mais utilizada no Brasil, com 97,6% de presença nas empresas, segundo a Social Media Trends 2017. O Facebook também é a mídia mais acessada no mundo, com 1,871 bilhão de usuários ativos, de acordo com a Smart Insights.

Suas principais vantagens são o poder da interação, de compartilhamento e integração. Por meio de uma fanpage, você pode postar textos, vídeos e fotos; descrever o seu negócio; interagir com seus clientes por comentários ou mensagens inbox; criar anúncios patrocinados pelo Facebook Ads; entre outras ações.

Instagram

É a segunda rede mais utilizada no Brasil, com 63,3% de presença nas empresas, mas é a sétima no mundo em total de usuários ativos, chegando a 600 milhões.

O Instagram é, na verdade, um aplicativo para smartphones totalmente gratuito. Como empresa, você pode criar um perfil e fazer suas publicações sem pagar nada.

Essa mídia tem como foco as fotos, mas também é possível inserir vídeos curtos. As imagens podem receber tratamento dos filtros existentes, e você deve colocar textos mais curtos.

Por exemplo: pode publicar uma imagem de um pote de sorvete e colocar um texto como esse: “Que tal se refrescar nesse calor? Aproveite a promoção do sorvete X por apenas R$ 15,99”.

Twitter

Está na quarta posição das redes sociais mais utilizadas no Brasil, com 44,6% de presença, e na nona colocação de usuários ativos no mundo, com 317 milhões.

A característica principal do Twitter é ser um microblog que permite publicar fotos, vídeos, textos e GIFs. Os textos devem ter até 140 caracteres. Por isso, essa mídia é mais voltada para informações rápidas.

Para os supermercados é uma boa opção, pois é possível divulgar ofertas rapidamente. A vantagem do Twitter nesse caso é que ele não tem uma limitação de postagens indicada, como especificamos no Facebook. Você pode apresentar quantas ofertas quiser.

Uma publicação possível seria, por exemplo: “Está procurando ofertas de produtos de limpeza? Confira o que preparamos para você: link”.

Por fim, é importante destacar que você deve contar com uma equipe preparada para gerir as redes sociais. O profissional especialista fará toda a gestão do conteúdo e administrará o relacionamento com os seguidores da fanpage. Outra função dele é monitorar o que está sendo falado sobre o supermercado.

Dessa forma, é possível gerar relatórios que vão subsidiar a tomada de decisão e ajudar a definir novas estratégias. Outra vantagem é permitir a descoberta de novos produtos, serviços e mercados de atuação, de acordo com as demandas dos consumidores.

Entendeu por que você deve apostar nas redes sociais para supermercados? Essa é a maneira mais eficaz de você se destacar, atrair e fidelizar clientes e divulgar suas ofertas.

 

5 DICAS PARA VENDER MAIS NA PÁSCOA

Quando falamos em Páscoa, a primeira imagem que vem à mente é chocolate. Mas a páscoa tem um sentido muito mais amplo. Um sentido de comunhão, de festa e da disseminação do bem. O coelho, outro símbolo tão importante quanto os ovos de chocolate, tem um significado muito propício ao comércio: fertilidade, ou seja, multiplicação.

Neste post, vamos dar algumas dicas de como abordar a páscoa em diferentes tipos de comércio. Mesmo que seu negócio não venda ovos de chocolate, é possível envolver seu cliente nesta comemoração e atrai-lo para sua loja.

Para elaborar qualquer promoção, vale a pena lembrar alguns tópicos sobre como seu negócio pode se diferenciar dos concorrentes. E sempre, em primeiro lugar, um bom atendimento ao cliente é o item mais importante dessa lista. Um cliente compra, não só pelo produto em si, mas pela experiência que tem ao entrar no seu estabelecimento. Deixar o cliente à vontade, com espaço para se locomover e com atendentes disponíveis e atenciosos, é um bom começo. Mas existem outras formas de dar conforto ao seu cliente: entregas em  domicílio, formas variadas de pagamento e um local para estacionamento, também fazem a diferença na hora do cliente escolher sua loja.

Agora é hora de saber como aproveitar uma das melhores datas para o comércio.

Coloque os produtos em destaque

Se seu comércio trabalha com itens diretamente ligados à Páscoa, o primeiro passo a se fazer é colocá-los em destaque. Use e abuse do apelo visual da data espalhando imagens e itens como coelhinhos, ninhos e pintinhos pela loja.

Os itens mais diretamente ligados à páscoa são:

Chocolate: ovos de chocolate, ovos em formato de coelho, cestas de chocolate, ou seja, chocolate em geral;

Cardápio: colombas e bolos, uvas passas e frutas secas, azeite, bacalhau, peixes e carne branca em geral;

Presentes e decoração: cestas, coelhos de pelúcia, guirlandas e cartões temáticos.

Mas se você trabalha com outro tipo de produto, saiba que outra tradição da Páscoa é a troca de presentes. E há uma grande gama de produtos que podem ser um bom presente. Depois de entender o porquê de seu produto poder ser um bom presente, comece a envolver a equipe neste conceito e invista em divulgação e campanha temática pelo facebook ou qualquer outro canal de relacionamento com seu cliente.

Promova uma “caça aos ovinhos”

Uma boa dica de campanha para a páscoa que pode ser utilizada em uma grande gama de negócios é a caça aos ovinhos. Espalhe vale-ovinhos por sua loja e estimule as crianças nessa brincadeira. Cativar os filhos dos clientes é um grande passo para conquistá-los  e deixá-los mais propícios a comprar em seu estabelecimento.

Capriche na vitrine

Segundo uma cartilha publicada pelo Sebrae SP, o tempo para captar um cliente pela vitrine é de 30 segundos. Portanto, abuse do apelo visual. E se for fazer a caça aos ovinhos, deixe isso em destaque na vitrine ou na entrada da loja.

Ofereça brindes

Ofereça itens de papelaria como cartões de páscoa ou marcadores de livros para seu cliente entregar junto com o presente. Pode ser até chocolate! Dependendo do ticket médio da sua loja (valor médio gasto pelos clientes), um pequeno chocolate pode sair mais barato do que um desconto. E quem não gosta de ganhar chocolate, não é mesmo?

Decore sua loja

Outra sugestão é baixar imagens de Páscoa disponíveis gratuitamente na internet. Há vários sites de bancos de imagens. A imagem que ilustra este post é de um deles, o Freepik.com. Há uma infinidade de imagens disponíveis com o tema Páscoa, desde cartões a marcadores de livros e cartazes. A maioria é editável , ou seja, com um software de criação gráfica é possível customizar essas imagens e incluir sua mensagem.

Enfim, envolva seu cliente nesse espírito de prosperidade e comunhão que a Páscoa traz e tenha um retorno fértil tanto financeiramente como em fidelização de seus clientes.

Boas vendas!

ATENTE-SE COMERCIANTES PARA TROCA DE TRIBUTAÇÃO DE ALGUNS PRODUTOS

Prezados clientes,

Segundo Art. 1º do Decreto nº 9108, de 20 de dezembro de 2017, partir do dia 01 de Março de 2018, todos os produtos referentes a categoria de materiais para construção, materiais elétricos, ração tipo PET e autopeças devem receber alteração na tributação do ICMS de Substituição tributária para Tributado Integralmente. O prazo para este decreto era até dia 01 de janeiro de 2018, porém o mesmo foi adiado para a data de 01 de Março de 2018 conforme anunciado pela Sefaz dia 28 de Dezembro de 2017.

Segue nota realizada pela Sefaz anunciando a prorrogação e explicando sobre o decreto acima citado.

“Atenção contribuintes, a Secretaria da Fazenda informa que a exclusão das mercadorias relacionadas nos incisos do caput do art. 1º do Decreto 9.108/2017 de 20 de dezembro de 2017, da sistemática da substituição tributária pelas operações posteriores, terá sua vigência prorrogada para o dia 1º de março de 2018.

A Gerência de Orientação Tributária da Sefaz esclarece que a minuta de decreto, que promove as alterações acima, na legislação tributária estadual, está em fase de elaboração.

Entenda: O Decreto 9.108/2017 retirava da Substituição Tributária a partir do dia 1º de janeiro as seguintes mercadorias: Autopeças, material de construção, material elétrico e rações tipo PET. Contudo, houve decisão hoje (28/12) de alterar a data de vigência para exclusão das mercadorias para 1º de março de 2018. Nesse sentido, será publicado outro decreto. Os contribuintes e contadores que já alteraram seus sistemas conforme o decreto anterior, devem ajustá-los para que as referidas mercadorias continuem na Substituição Tributária a partir de janeiro.
Comunicação Setorial – Sefaz”

FIM DO HORÁRIO DE VERÃO! ATENTE-SE PARA QUE SEUS SISTEMAS NÃO PAREM!

Prezado cliente, neste domingo (dia 18/02/17) finaliza-se o horário de verão, atente-se para alterar os horários do seu computador e dos seus sistemas. Nesta data você deverá retroceder seu relógio em 01:00 hora, então quando o relógio chegar às 00:00 do dia 18/02 você deverá voltar o relógio para as 23:00 do dia 17/02. Caso você seja cliente TEF ou NF-E/NF-E deve-se atentar para o horário do computador que pode não autorizar a finalização de vendas por conta do horário errado, já para os cliente de PONTO deve-se alterar o horário do relógio para evitar futuras batidas em horarios errados.

Se tiver alguma dificuldade para alterar o horário do seu relógio, basta assistir o vídeo gravado pelo nosso consultor que explica como realizar o procedimento corretamente.

ORGANIZAÇÃO DE SUPERMERCADOS: COMO AUMENTAR SEUS LUCROS!

No varejo existem várias estratégias para aumentar as vendas, dentre elas a organização de supermercados. Sim! Se você acha que é só espalhar produtos pelas gôndolas sem nenhuma técnica, está enganado!

Separamos algumas dicas para organização de supermercados que você pode utilizar em sua empresa para alavancar o resultado das vendas.

Veja!

1. A organização de supermercados deve começar da entrada

Os primeiros produtos que serão percebidos pelos seus clientes serão aqueles que você colocar nas partes centrais e superiores das prateleiras. Sabendo disso, se você quer aumentar os seus lucros, aproveite essa área nobre das gôndolas para colocar os produtos de maior valor agregado; de margem de lucro superior.

2. Produtos de maior giro

Identifique quais os produtos que levam as pessoas para sua loja; os mais vendidos. Esses produtos são os geradores de tráfego. Sendo assim, posicione esses produtos nos cantos, de forma que o consumidor tenha que andar mais até encontrá-lo. Isso fará que o cliente tenha contato com outros produtos e assim mais possibilidades de compra.

3. Gôndolas da direita

Se você observar, o movimento dos clientes no supermercado tende a ser da direita para a esquerda. Você pode aproveitar as gôndolas da direita para colocar os produtos que você mais deseja vender, pois o consumidor estará mais disponível para comprar, já que seu carrinho ainda está vazio e ele ainda não está preocupado em quanto será a sua conta.

4. Produtos para Criança

Muitos pais costumam levar seus filhos para o supermercado. Leve os pequenos em consideração ao posicionar produtos como: biscoitos, chocolates, salgadinho e cereais com açúcar. Coloque-os na altura ideal para que uma criança de 7 anos alcance e possa pedir para os seus pais comprarem.

5. Gôndolas de check-out

Enquanto os consumidores esperam na fila para pagar a conta do supermercado, você ainda pode “ajudá-los” a aumentar um pouco mais o volume de vendas, disponibilizando nas gôndolas do check-out salgadinhos, bombons, chicletes e todos esses produtos supérfluos difíceis de resistir.

5. Música

Você deve estar se perguntando: mas o que música tem a ver com organização de supermercados? Muitos supermercadistas já perceberam que a música faz toda a diferença na experiência de compra dos seus clientes. Você também precisa saber! Músicas mais calmas fazem com que seu cliente se sinta menos apressados, assim aumentam as possibilidades de compra. Já as músicas mais agitadas fazem com que o consumidor ande mais rápido e tenha menos contato com os seus produtos.

Aproveite essas dicas e melhore suas vendas!

FIQUE ATENTO PARA OS HORÁRIOS DO PLANTÃO DE CARNAVAL!

Prezado cliente, nos dia 12 e 13 de fevereiro será feriado devido o carnaval, porem para que vocês não fiquem sem auxilio do nosso setor de suporte, preparamos uma programação de plantão nesses dias para atendermos vocês.

 

Dia 10/02 (Sábado) – 08:00 ás 17:00

Dia 11/02 (Domingo) – 08:00 ás 12:00

Dia 12/02 (Segunda) – 08:00 ás 12:00

Dia 13/02 (Terça) – 08:00 ás 12:00

Dia 14/02 (Quarta) – 07:30 ás 20:30

Lembrando que nos dias de plantão o atendimento será apenas via CELULAR (WhatsApp) (64) 9 9667-5757.

ENTENDA COMO VOCÊ PODE AUTOMATIZAR SUA EMPRESA DE FORMA SIMPLES!

Empreender é uma tarefa exaustiva e, se você não souber como fazer, pode ir à falência logo no início do negócio. Para que isso não aconteça, separamos 4 dicas sobre como montar uma lanchonete que farão você passar longe de qualquer crise. Conheça recursos tecnológicos feitos para salvar a vida dos empreendedores do ramo de alimentos e bebidas e alcance o sucesso que almeja muito antes do que imagina!

DIGA NÃO À COMANDA DE PAPEL

Se você está buscando por dicas sobre como montar uma lanchonete e acha que a comanda de papel é o modelo certo para você, saiba que esse não é mais um método seguro, rentável e adequado para quem quer empreender.

A comanda de papel é conhecida por ser barata e de fácil acesso, no entanto, ela não é um bom recurso para quem tem a intenção de lucrar e atender bem. Confira algumas desvantagens que a comanda de papel traz ao seu negócio e que você certamente vai querer evitar para não fracassar logo de cara:

– Ela dá margem a erros

Embora seja barata, a comanda de papel deixa seu negócio suscetível aos erros humanos, então, o barato acaba saindo caro. Imagine que você vende um sanduíche por R$15,00 e, por um erro de anotação do garçom, seu cliente recebe o pedido errado e devolve o lanche. Em um dia, seu prejuízo é de apenas R$15,00, mas, em um ano, isso equivale a R$5.475,00. Vale a pena ter esse prejuízo?

– Reduz a fluidez do atendimento 

Outra desvantagem da comanda de papel para você que está na missão “como montar uma lanchonete” é que ela é pouco prática, reduzindo a agilidade de seu atendimento. Se a sua lanchonete trabalha no esquema fast food com atendimento balcão, por exemplo, a comanda de papel gerará longas filas. E, se em sua lanchonete os clientes são atendidos pelo garçom na mesa, a capacidade de atendimento do garçom será reduzida e a correria para o terminal a fim de entregar a comanda resultará em uma demora na entrega do prato – algo bem “anti fast food”.

– Permite furos no caixa

 Esse é um assunto delicado, mas, como empreendedor, você precisa considerá-lo. Se você está buscando informações sobre como montar uma lanchonete, esteja ciente que, aonde há dinheiro, há possibilidade de fraude e os processos manuais favorecem esses furos.

AUTOMATIZE O CONTROLE DE SUAS FINANÇAS

 Para ter suas finanças na palma da mão e saber quanto sua lanchonete lucra com exatidão, é preciso ser extremamente cuidadoso, metódico e atento. Se você está na correria e não consegue dar essa atenção ao seu fluxo de caixa, saiba que a automação pode ser uma grande aliada.

Não há como montar uma lanchonete em meio ao caos financeiro, e com um fluxo de caixa integrado ao seu sistema para lanchonete, esse caos reduz drasticamente. Em lugar de utilizar uma planilha e dedicar todo o seu tempo para alimentá-la com dados, você terá metade desse trabalho executado pelo sistema, tendo que inserir apenas alguns dados manualmente. Assim, você será capaz de projetar para períodos futuros todas as entradas e saídas de seu negócio, sabendo exatamente qual será a perspectiva financeira para os próximos períodos.

DINAMIZE O DELIVERY COM O CARDÁPIO DIGITAL

Outro recurso providencial para melhorar o fluxo de atendimento de sua lanchonete é o cardápio digital. Através dele, quem tem delivery possibilita ao cliente a opções do pedido online, mas não apenas isso. Além de ofertar ao cliente uma nova forma de pedir – a que mais cresce no mundo – o gestor tem a vantagem de ter todos os pedidos recebidos através do cardápio digital integrados em seu sistema para lanchonete.

A vantagem desse recurso, é que a integração entre cardápio digital e sistema evitam que um atendente tenha que registrar o pedido no computador, por exemplo. Além disso, todos os dados do cliente armazenados no sistema podem ser usados para a implementação de ações de marketing que, futuramente, podem ajudá-lo a vender mais e melhor!

Mais vantagens do cardápio digital:

  • Possibilita da redução de funcionários de sua lanchonete;

  • Através dele, é possível alterar preços sem que haja preocupação com novas impressões;

  • Você pode programar o recebimento de seus pedidos delivery pré-determinando um perímetro de atuação.

NÃO ABRA SEM POSSIBILITAR O AUTOATENDIMENTO! 

Por fim, não dá pra falar em automação em mencionar o autoatendimento – um grande diferencial quando o assunto é lanchonete. Se você trabalha com vendas no balcão e sofre com as filas sem fim que esse tipo de atendimento ocasiona; se seus clientes tem perfil moderno e jovem e se você quer reduzir o número de atendentes do seu estabelecimento, o autoatendimento é o caminho ideal!

O autoatendimento também é feito através do cardápio digital, mas desta vez, dentro de seu estabelecimento. Dessa forma, o cliente faz o pedido através do smartphone e só precisa dirigir-se ao balcão para retirá-lo.

– Porque devo começar a atender oferecendo a opção do autoatendimento? 

Há diversas razões para começar a atender oferecendo ao cliente a opção do autoatendimento, mas a principal delas é bem simples: desbancar a concorrência. No Brasil, o autoatendimento não é popular, por isso, abrir um negócio com essa opção é um grande diferencial perante a concorrência.

As outras razões já foram mencionadas. Com o autoatendimento você pode reduzir o número de funcionários de sua lanchonete (ou realocá-los, caso não queria um déficit na equipe), atrai clientes que não vivem sem a tecnologia e muito mais!

Se interessou e quer realizar a automação de sua Lanchonete/Bar/Restaurante ? Entre contato conosco clicando aqui!

CONTROLAR OU NÃO O PONTO DOS FUNCIONÁRIOS ?

O profissionalismo e a transparência são requisitos básicos para todos os setores de uma empresa, devendo estar presente principalmente nas atividades cotidianas, que muitas vezes são negligenciadas. A entrada do funcionário no ambiente de trabalho indica o começo de sua jornada, a partir daí serão realizadas as ações, tarefas e processos que estruturam a empresa.

Por isso, é importante ter um controle adequado do registro do horário de trabalho dos funcionários. E a melhor forma de fazer isso é utilizando um modo padronizado e em conformidade com a lei.

O horário de entrada e saída dos colaboradores em ambientes de trabalho é geralmente combinado durante a contratação, e o número de horas previsto no contrato é indicado na carteira de trabalho. Apesar da lei não exigir a adoção de procedimentos especiais em estabelecimentos de até 10 trabalhadores, é fundamental manter um controle rigoroso para proteger tanto os empregadores quanto os empregados em instituições de todos os portes.

Neste post, vamos falar um pouco sobre a importância do registro do horário de trabalho e também apresentaremos uma solução de automatização do processo, o registrador eletrônico de ponto (REP).

Importância do registro correto de horário de trabalho

De uma maneira crua, a empresa paga ao trabalhador por uma quantidade de tempo de sua vida. Dessa maneira, é natural que o controle sobre essa “troca” seja o mais rigoroso possível. O registro correto evita problemas comuns em empresas, como discussões sobre horas extras, registro de banco de horas e problemas judiciais trabalhistas.

A responsabilidade e o ônus da fiscalização bem como o controle da frequência do trabalhador é do empregador (que possua mais de 10 empregados), conforme o art. 74, § 2º, da CLT. A forma de controle, no entanto, é de livre escolha do empregador, podendo existir até mesmo mais de um modo dentro da mesma empresa: manual, mecânico ou eletrônico.

Manual, mecânico ou eletrônico?

O registro manual, em um livro ou folha de ponto, é simples e barato, mas pode ser extremamente trabalhoso para um gestor. Preencher diversas tabelas e analisar dados manuscritos de diferentes equipes e pessoas exige tempo e dedicação.

No caso do ponto mecânico, ou cartográfico, o trabalhador insere o seu cartão no relógio, que, então, imprime o horário de entrada ou saída. Apesar da maior praticidade, ainda é necessário um controle manual dos cartões para fazer cálculos e verificações de horas trabalhadas, horas extras, ausências, etc.

Analisar, transcrever e reunir informações é um trabalho gigante e com alto risco de erros, falhas, fraudes e alterações. Em questões judiciais, esses dois tipos de registros podem dificultar a investigação ou até mesmo serem rejeitados como provas.

Além disso, um controle de ponto ineficiente dificulta a fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), levando a autuações e prejudicando a contribuição com a previdência, imposto de renda e FGTS.

No entanto, um relógio de ponto automatizado não só facilita a gestão de dados e controle mas também fornece maior segurança tanto para a empresa quanto para o colaborador. Essa modalidade de controle evita a possibilidade de fraude ou alteração de informações referentes às jornadas de trabalho.

Sendo assim, convém mencionar as diversas vantagens trazidas pela utilização de um ponto eletrônico.

Vantagens e facilidades do ponto eletrônico

Um registrador eletrônico de ponto, ou REP, possui todas as funcionalidades do relógio de ponto tradicional somadas às possibilidades de interação com softwares, aplicativos e dispositivos. O REP faz a identificação do usuário – seja por leitura biométrica, cartão de proximidade ou senha – registra sua hora de entrada/saída e emite um comprovante.

Para quem deseja utilizar ponto eletrônico, é necessário adquirir um equipamento homologado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, como prevê a portaria 1.510, publicada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em agosto de 2009.

Os benefícios da utilização do REP são inúmeros: aumento da confiança entre empregador e trabalhador, agilidade no processamento de dados por parte da equipe de RH e maior segurança, garantindo evidências precisas das horas de trabalho e protegendo ambas as partes em possíveis disputas trabalhistas.

No que se refere a pontos eletrônicos, podemos mencionar a solução da Pacto. Entre os diferenciais do produto estão o controle de diversas filiais em um único sistema, integração com bancos de dados da empresa, cálculo de horas extras, relatórios de frequência e outras funcionalidades.

Vale reforçar que os benefícios da adoção de um sistema eficaz de controle do horário de trabalho não são exclusivos de empresas grandes, mas também otimizam os processos de pequenas e médias empresas.

Continue acessando nosso blog para saber mais sobre soluções modernas para academias, escolas, clubes e empresas em geral.